Arquivos do Blog

Um Artigo Emocionante – ESSA MISÉRIA TEM QUE ACABAR


Lixão, Favela do Esqueleto

Hoje eu vi com os meus próprios olhos o que é não ter uma roupa pra vestir, um alimento para comer, não ter felicidade por estar no fundo da lama; eu vi tudo aquilo que eu nunca imaginei que não tinha nesse mundo, eu vi aquelas pessoas com espíritos de miséria ( BEBADOS, VICIADOS ).

Eu no primeiro momento estava ali com peninha deles sabe? Mais eu comecei a compartilhar momentos com eles, comecei a viver um pouco da vida deles, enfrentei tudo o que nunca pensei para ajudar um necessitado; não só levar uma roupa, um alimento, mas, também o amor de Deus, o único salvador e que pode ajudar eles a sairem dessa vida. “Quem diria em pleno sábado eu podia estar no shopping e estou aqui ajudando essas pessoas.” – As pessoas precisam amar mais o próximo como Deus falou na Bíblia, porque o jejum que mais agrada ao Senhor é ajudar os necessitados, como diz em Isaías 58:7!

Quando chegamos ao local, eu não conseguia acreditar que estava lá. No momento em que eu saí do carro, senti vontade de vomitar. Eu disse que estava preparada para ver qualquer coisa: “mas as coisas que eu presenciei, estavam além das que me referi” ! Eu e meus irmãos em cristo evangelizamos nas casas e me assustei; tive vontade de chorar por ver pessoas naquele estado lastimável, e foi nesse momento que comecei a pedir forças a Deus, porque se eu estivesse ali pela carne, eu não ia agüentar ficar em pé. Pisei na lama e lidei com legiões de demônios para ajudar pessoas que eu nunca tinha visto, você sabe o que é isso?

Eu tomei um choque tão grande que comecei a ver minha vida de outro jeito. A primeira coisa que veio na minha cabeça foi: “Quando eu ganho algo que não é do meu agrado, eu reclamo, e, quando não ganho, também reclamo, enquanto, eles ficam satisfeitos só com um 1k de arroz e com uma roupa usada que ganham.” A vida daquelas pessoas é muito dura, enquanto nós temos câmera digital, computador e mp3. Eles não tem a mínima idéia do que é isso.

Tantas pessoas reclamam da vida, mas eu acho que ninguém nunca deve ter ido ao lixão para ver o que é necessidade, o que é não estar numa casinha limpa como a que agente vive.

Reparei que todos possuíam piercing ou tatuagem; também reparei na face das pessoas que elas não agüentam mais viver isso, mas o maligno os possui para destruir, tirar as ultimas esperanças que eles têm em seus corações, não permitindo terem um encontro com Deus. Nós temos que estar prontos para ajudar essas pessoas a se libertarem, temos que estar em propósito de oração por cada alma que ajudamos, porque não adianta levar a palavra e esquecer aquelas pessoas como o governo esquece. Tem pessoas sofrendo, comendo do lixo, morando no lixo, pessoas doentes sem um hospital para ser atendida, e muitos nem tem documentos!

Você vê a alegria no rosto das crianças no momento em que brincamos com elas, pulando e sorrindo, a alegria deles com um prato de comida na mão; e a única coisa que eu pedia, era para Deus abençoa-los, porque só quem vive ali, sabe como é difícil. Na chuva tudo vira lama, no sol aquele calor enorme sem um ventilador ou mesmo um ar-condicionado. Foi muito gratificante poder passar um dia com essas pessoas, uma experiência que eu vou guardar para minha vida toda! Que Deus os proteja e os guarde!

Isabella Cohen Borges

Anúncios